Google cria Inteligência Artificial capaz de entender livros inteiros

Quando se trata de músicas, vídeos, textos e discursos o maior desafio para a Inteligência Artificial (I.A), é compreender o contexto que está a ser apresentado. Por exemplo, se durante um video uma pessoa desaparecer, e voltar a aparecer em seguida, muitos modelos vão se esquecer que a mesma já lá esteve.


A Google enfrentou esse problema com o Transformer, uma rede neural que compara palavras no mesmo paragrafo para entender a relação entre elas. Esse modelo é capaz de compreender textos de até mil palavras, sintetiza-los e traduzir frases inteiras.
Apesar disso, quando a compreensão de um texto, video ou imagem depende de um contexto mais complexo….As capacidades do Transformer não são suficientes.

Para corrigir tal erro, a Google lançou o Reformer, um modelo melhorado que supera as deficiências do seu irmão mais novo. Com ele é possivel criar artigos inteiros para a Wikipedia através da síntese de múltiplos textos, isto porque o Refomer tem a capacidade de compreender até um milhão de palavras, com apenas 16GB de memória e usa hash sensível ao local (LSH).

O que isto significa? Em vez de comparar todas as palavras entre si, o modelo usa uma função de hash para agrupar palavras semelhantes num recipiente para depois comparar palavras entre si no mesmo balde ou no balde vizinho, reduzindo assim a sobrecarga de processamento.

Engenheiros da Google afirmam que o Reformer consegue facilmente compreender livros inteiros, mostrando um enorme potencial para processar textos em massa.

Deixe um comentário